Curitiba: Museu Oscar Niemeyer

O Museu Oscar Niemeyer foi inaugurado em 2002 e é considerado um dos maiores e mais modernos da América Latina. Não há como não ficar impressionado com a arquitetura do local. E nem dá pra imaginar que antes de se transformar nessa imensa obra do Oscar Niemeyer, o prédio abrigava secretarias do estado do Paraná.

mon (1)

O MON, mais conhecido como Museu do Olho, foi o primeiro ponto turístico de Curitiba que fomos ver de perto. Infelizmente, não foi uma boa escolha descer nele, na sexta-feira de Páscoa. Por conta do feriado, o Museu não estava aberto. Então, ficamos apenas na parte aberta.

mon (2)

mon (5)

Como gostamos muito de museus e exposições, ficamos meio desapontados quando descobrimos que ele estava fechado. Mas como o prédio em si já é uma grande obra de arte ficamos menos ressentidos e a exposição que se encontrava na parte aberta já deixou um gostinho de quero mais.

Aluguel de carro

Junto ao MON há uma grande área verde conhecida como Parcão. Nesse espaço, os cachorros fazem a festa, pois se trata de uma grande área verde livre para os bichinhos, eles podem correr a vontade sem coleira. Como era feriado, tinha muitos donos com seus cães. É lógico que nesse momento ficamos morrendo de saudade do nosso cãozinho.

mon (4)

mon (6)

Se Curitiba é a capital verde, nada mais justo que o melhor amigo do homem tenha um espaço verde pra ele se divertir livremente.

mon (7)

Que tal seguir a gente no Instagram tem muitas fotos rolando por lá!

Dados Financeiros:
O MON fica aberto de terça a domingo, pelo visto, exceto feriados, de 10h às 18h.
O valor da entrada é de R$6,00.
A venda de ingressos é até 17h30.

Viagem realizada em Março de 2013.

LEIA MAIS:
Curitiba: Feira do Largo da Ordem
Curitiba: Dom Cordoni Pastéis
Curitiba: Torre Panorâmica

Posted in AMERICA DO SUL, BRASIL, CURITIBA, PARANÁ and tagged , , , , , , , , , .
Tatiane Dias

Tatiane Dias

A cada dia me desapego mais e mais de bens materiais. A vida nos mostra que mais importante que ter é viver. Por isso, cada brecha que temos já começo a pensar em algum lugar pra ir seja no Rio ou fora dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *