Rio de Janeiro: Trilha na Favela Santa Marta

Na verdade, foi um Tour-Trilha pela Favela Santa Marta.

Já passou a época que quem subia os morros no Rio de Janeiro eram os gringos, que ficavam maravilhados em conhecer uma favela, algo bastante diferente da realidade deles. Atualmente, o número de brasileiros que fazem essa espécie de tour vem crescendo, provavelmente, o grande motivo é a segurança que as UPP’s (Unidades de Policia Pacificadoras) estão dando a esses lugares.

E nós acabamos curtindo essa experiência. A vontade surgiu após o último encontro de Viajantes, feito pelo pessoal da Intrip e que nós não pudemos participar, ser feito com um Tour pela Favela Santa Marta. Só que por conta da nossa disponibilidade não fizemos apenas o clássico tour que saí da parte baixa da favela. O nosso passeio começou em Laranjeiras, pois seria um tour-trilha.

O passeio começa pela Rua General Glicério, em Laranjeiras. Lá encontramos com o famoso guia Gilson Fumaça, dono da Favela Scene, empresa responsável pelos tours na comunidade, e mais um guia. Depois do grupo pronto partimos para subir a Favela Santa Marta por uma trilha que só é usada por moradores. Essa subida foi bem rápida e tranquila acho que levamos no máximo uns 40 minutos. Depois dessa subida, estávamos no alto do morro onde se encontra a UPP do Santa Marta e o campinho das crianças da comunidade.

Dona_Marta

Dona_Marta-2

Nesse momento, eu já estava meio embasbacada com a vista. Acho que foi a minha expressão de surpresa com a vista que fez com que o Gilson nos fizesse subir no teto de uma igreja para ver a vista melhor ainda. Posso adiantar a vocês que essa foi a vista mais linda de todo o passeio, mesmo tendo outras vistas muito bonitas ainda pela frente!

Dona_Marta-13

Dona_Marta-11

Nesse  momento, eu já achava que tinha feito a Trilha da Favela Santa Marta. Só que o GIlson nos mostra a nossa próxima parada. Ele aponta para o ponto mais alto que eu posso ver. Ou seja, nossa próxima parada era o Mirante do Dona Marta, que fica a 340 metros de altitude e próximo ao Heliponto. Bom, até chegar lá nos levamos, aproximadamente 1h30min, e estávamos em mata fechada mesmo. Em um ponto tivemos que subir com o auxilio de uma corda. Acredito que a trilha possa ser feita em menos tempo, pois dois dias antes da trilha havia chovido e tudo estava meio escorregadio e o Gilson não apressava ninguém, foi tudo muito tranquilo.

Aluguel de carro

Quando chegamos ao Heliponto ficamos um bom tempo por lá batendo lindas fotos. Primeiro do lado do Heliponto e depois no Mirante. As vistas de todos os lados são lindas, mas como eu já disse, de cima do teto da Igreja foi impressionante. Lá em cima também descansamos, pois a decida era pelo mesmo local que subimos. E é nesse momento que rola aquela vontade de pegar um dos táxis que tem no Heliponto e descer. Mas não fizemos isso, afinal, ainda tínhamos o almoço.

Dona_Marta-27

Dona_Marta-24

A descida foi bem mais rápida. Afinal, para baixo todo santo ajuda, não é mesmo?! Acho que fizemos a descida em uma meia hora. Depois de acabar a descida da trilha, estávamos de novo na Favela Santa Marta. Todos loucos para o almoço e o Gilson ainda nos mostrando uns pontos interessantes na favela. Nós passamos pela casa da mãe do Gilson, pois ela tem uma coleção de relógios de parede. Tem relógios espalhados pela casa toda e alguns na estante estão tão juntinhos que nem conseguimos ver os detalhes.

2013-06-29 13.30.40

Depois passamos pela famosa Lage do Michel Jackson, que para os moradores não é conhecida por esse nome. Pra eles o mais importante da Lage é o que tem debaixo dela, um posto de saúde. A lage tem muito mais história, vale a pena o tour.

Na verdade, vale a pena uma visita, todo primeiro sábado do mês acontece o Pôr do Santa, que é um evento com cerveja, feijoada e samba. Eles tiveram que sair da Lage do Michel Jackson porque o espaço ficou pequeno. Mas continua acontecendo logo ao lado da Lage e o lado legal é que as pessoas ajudam a creche da comunidade com a doação de 1kg de alimento não perecível com o evento. Estamos com muita vontade de participar.

Dona_Marta-31

Dona_Marta-32

Saímos da Lage do Michel Jackson para o tão esperado almoço. Ninguém aguentava mais de fome. Comemos uma comida caseira muito saborosa e algumas cervejas.

Não preciso dizer que foi uma experiência incrível! A trilha foi ótima, no almoço descobrimos que não é uma das mais fáceis do Rio. Então, se fizemos essa conseguiremos fazer outras que entraram na lista depois do papo com algumas pessoas do grupo.

Que tal seguir a gente no Instagram tem muitas fotos rolando por lá!

Dados Financeiros:
Fizemos a reserva pela Intrip. Foi R$ 50,00 por pessoa com almoço incluído.

Passeio realizado em Junho de 2013

LEIA MAIS:
Rio de Janeiro: Tour Grand Bazaar – Parte 3
Rio de Janeiro: Tour Amantes da História 2
Rio de Janeiro: Pelos Trilhos de Santa Teresa 2

Posted in AMERICA DO SUL, AVENTURA, BRASIL, CIDADE DO RIO, CULTURAL, RIO DE JANEIRO and tagged , , , , , , , , , , .
Tatiane Dias

Tatiane Dias

A cada dia me desapego mais e mais de bens materiais. A vida nos mostra que mais importante que ter é viver. Por isso, cada brecha que temos já começo a pensar em algum lugar pra ir seja no Rio ou fora dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *