Morro de São Paulo: Mergulho de Cilindro

Por conta das nossas mudanças nas datas dos passeio, por indicação da agência Rota Tropical, no nosso terceiro dia no Morro de São Paulo não tínhamos nenhuma atividade programada. Por tanto após descansarmos um pouco mais, tomar o café da manhã um pouco mais tarde e demorado, porque valia muito à pena, o café da manhã do Hotel Portaló é muito bom. Resolvemos ir caminhando em todas as praias do Morro (Primeira, Segunda, Terceira e Quarta) por 2 motivos: aproveitávamos para ir com calma e batendo fotos; e íamos ao encontro da escola de mergulho que a agência nos indicou para tentarmos fazer o nosso batismo de cilindro

mergulho_cilindro_morro_de_sao_paulo (4)

A agência Rota Tropical nos passou o contato do Gabriel, da Blues Divers, quando ainda estávamos no Rio. Nós entramos em contato com um mês de antecedência porque além do Batismo – Discover Scuba Diving – nós queríamos detalhes sobre o passeio de observações da baleias que costuma acontecer a partir da segunda quinzena de julho. Por esse motivo, trocamos emails com o Gabriel até a véspera do embarque.

Aluguel de carro

Neste dia o grande objetivo era encontrar a Blues Divers e ver em que dia poderíamos fazer o batismo. A escola de mergulho do Gabriel fica na Quarta Praia e eu acho que bem no fim da Quarta Praia. Porque nós andamos aproximadamente 1h30min para chegar na escola. E quando achamos que tínhamos passado fomos perguntar num restaurante e ainda faltava um pouco.

mergulho_cilindro_morro_de_sao_paulo (3)

Depois da caminhada de 1h30min, finalmente, encontramos a escola e o Gabriel estava bem na entrada. Ele nos recebeu muito bem e disse que o dia estava perfeito para o mergulho. Só tivemos que esperar um pouco. Nós chegamos na escola por volta do meio dia e ele disse que a maré baixaria por volta das 14 horas e poderíamos mergulhar. Como ainda tínhamos mais de 1 hora livre, nós fizemos nosso primeiro passeio de Kayak e o Bruno aproveitou e fez um pouco de Stand Up Paddle. O Bruno adorou as duas atividades e está louco para repetir, nem que seja no Rio.

mergulho_cilindro_morro_de_sao_paulo (5)

mergulho_cilindro_morro_de_sao_paulo (11)

Depois de aguarda o horário da maré baixar, o Gabriel iniciou as instruções para começar o batismo. As primeiras instruções foram na escola, logo depois desse momento, vestimos as roupas e fomos andando para o mar.

mergulho_cilindro_morro_de_sao_paulo (1)

mergulho_cilindro_morro_de_sao_paulo (2)

Pode parecer estranho para quem já fez mergulho, a gente falar que fomos andando para o mar. Mas a Blues Divers fica na frente de um grande coral, então, podemos ir andando. Nós não podemos opinar sobre a diferença entre mergulhar pulando de um barco direto no mar. Mas podemos dizer que a proposta de ir andando e ir se acostumando numa piscina natural antes de descer de verdade foi muito boa para nós, principalmente, para mim.

mergulho_cilindro_morro_de_sao_paulo (6)

mergulho_cilindro_morro_de_sao_paulo (7)

Eu fiquei bastante nervosa nessa primeira parte, na piscina natural. Parecia até que eu ia desistir devido a diferença da forma de respirar. Quando o Gabriel perguntou se estava tudo bem para mergulhar de verdade, eu disse que sim, mas por dentro estava morrendo de medo. Mas ao invés de ser mais difícil, no fundo do mar foi muito mais fácil e agradável. Enquanto isso, o Bruno já estava mais do que acostumado a esse novo meio.

mergulho_cilindro_morro_de_sao_paulo (8)

mergulho_cilindro_morro_de_sao_paulo (9)

Aproveito para dizer que gostamos muito do Gabriel além da pessoa que ele é. Como instrutor ele foi excelente com a gente. O mergulho foi ótimo e quando estávamos saindo do mar, outros instrutores estavam com outras pessoas mergulhando. Uma das senhoras estava meio nervosa e querendo desistir. Como nós já tínhamos a acabado, o Gabriel ficou com a senhora e outro instrutor nos levou para a praia. O Gabriel tinha alguns anos a mais de experiência de mergulho que o outro menino.

mergulho_cilindro_morro_de_sao_paulo (10)

Depois tivemos a oportunidade de conversar com os outros do grupo e a moça com medo disse que o Gabriel foi bem seguro com ela. Assim ela conseguiu aproveitar. Isso só comprova que a experiência do profissional faz toda a diferença.

Se temos um conselho a dar a vocês é façam um batismo assim que tiverem uma oportunidade. Mesmo que você tenha uma pouco de medo. Se o profissional te passar confiança, tente. É uma experiência incrível. Gostamos tanto que vamos tirar carteirinha de mergulho.

Que tal seguir a gente no Instagram tem muitas fotos rolando por lá!

Dados Financeiros:
Mergulho de Cilindro: R$ 130,00 por pessoa

Viagem realizada em Julho de 2013.

LEIA MAIS:
Morro de São Paulo: Voltando a Salvador
Morro de São Paulo: Voo de Paramotor
Morro de São Paulo: Pontos Turísticos na Ilha

Posted in AMERICA DO SUL, AVENTURA, BAHIA, BRASIL, MORRO DE SÃO PAULO and tagged , , , , , , , , , .
Tatiane Dias

Tatiane Dias

A cada dia me desapego mais e mais de bens materiais. A vida nos mostra que mais importante que ter é viver. Por isso, cada brecha que temos já começo a pensar em algum lugar pra ir seja no Rio ou fora dele.

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *