Chile: Santiago – Parque Bustamante

Como contei para vocês o nosso primeiro momento em Santiago não foi dos mais felizes. Não posso garantir que a grande mudança em relação a visão negativa da cidade foi conhecer o Parque Bustamante, mas com certeza, passar um tempo ali, sentados, conversando e vendo como os chilenos estavam aproveitando aquele espaço público que não custa um centavo numa segunda-feira a tarde foi bastante prazeroso e motivados para darmos mais uma chance a cidade.

Parque Bustamante
O lugar pode ser definido como um oásis urbano. Além da enorme área verde, a localização é tranquila ao longo do Rio Mapocho e há vários acessos a ciclovias da cidade, o parque possui cafés literários, que são geralmente frequentados por artistas.

Parque_Bustamante_Santiago_Chile

Parque_Bustamante_Santiago_Chile-2

Ao longo do caminho do nosso B&B nós passamos por 2 estações de metrô: Salvador e Baquedano. Apesar disso, nós optamos por irmos caminhando até ao Cerro San Cristóbal. Nós caminhamos um bom tempo, mas não estávamos com pressa alguma então para nós era mais um passeio. Acabamos voltando do Cerro andando também e nesse momento sentamos e relaxamos.

Parque_Bustamante_Santiago_Chile-5

Parque_Bustamante_Santiago_Chile-3

As fontes de água nos lembrou muito o parque de Lima que tem o circuito mágico das águas. Dizem que a noite as fontes ficam coloridas como as do Peru, mas nós não ficamos até escurecer. Afinal, tínhamos chegado naquele dia e estávamos bastante cansados.

Parque_Bustamante_Santiago_Chile-4

Em uma outra oportunidade em Santiago pretendemos ver o parque a noite e também experimentar o Café Literário que fica próximo ao parque.

Que tal seguir a gente no Instagram tem muitas fotos rolando por lá!

Viagem realizada em Novembro de 2014.

LEIA MAIS:
Chile: Que Moeda Levar?
Chile: Utilizando Transfers dos Aeroportos para Santiago e San Pedro de Atacama
Deserto do Atacama: Tour Arqueológico

Posted in AMERICA DO SUL, CHILE, SANTIAGO and tagged , , , , , .
Tatiane Dias

Tatiane Dias

A cada dia me desapego mais e mais de bens materiais. A vida nos mostra que mais importante que ter é viver. Por isso, cada brecha que temos já começo a pensar em algum lugar pra ir seja no Rio ou fora dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *